FazLike
FAZ-ME um LIKE - Magazine de utilidades e entretenimento 100% português ........... Olá LIKER !....... Sabias que cada mascote tem uma temática própria? Clique nelas e explora! .......... Iremos regressar com mais força. Até breve! .......... Tenha um LIKE DAY com O SITE mais LIKE de sempre !
| 23 Junho, 2014

Poema da Queca e da nação

poema da queca“Oublá” que momento !!!! Poema da Queca e da nação! Desculpem a linguagem, mil desculpas aos mais conservadores, peço desculpa às orelhas que se sintam ofendidas, mas este poema só podia ser escrito com estas palavras… está escrito com muita imaginação por um autor anónimo. Recebi por email e não resisti a publicar.

POEMA DA QUECA E DA NAÇÃO

É uma terra danada,
Um paraíso perdido.
Onde todo mundo fode,
Onde todo mundo é fodido..

Fodem moscas e mosquitos,
Fodem aranha e escorpião,
Fodem pulgas e carrapatos,
Fodem empregadas com o patrão.

Os brancos fodem os negros
Com grande desprendimento,
Os noivos fodem as noivas
Muito antes do casamento.

General fode Tenente,
Coronel fode Capitão.
E o Presidente da República
Vive fodendo a nação.

Os Frades fodem as freiras,
O padre fode o sacristão,
Até na igreja de crente
O pastor fode o irmão…

Todos fodem neste mundo
Num capricho derradeiro,
E o danado do Dentista
Fode a mulher do Padeiro.

Passos, depois de eleito, se tornou um fodedor
Não fode o Cavaco, mas fode o trabalhador,
O Ministro fode o deputado
Que fode o eleitor.

Parece que a natureza
Vem a todos nos dizer,
Que vivemos neste mundo
Somente para foder.

E você, meu nobre amigo
Que agora está a se entreter,
Se não gostou da poesia
Levante-se e vá-se foder!

Autor Desconhecido – Também, pudera… se fosse conhecido, estava fodido!

Já fizeste um LIKE hoje ?

Faz LIKE a este MOMENTO!