FazLike
FAZ-ME um LIKE - Magazine de utilidades e entretenimento 100% português ........... Olá LIKER !....... Sabias que cada mascote tem uma temática própria? Clique nelas e explora! .......... Iremos regressar com mais força. Até breve! .......... Tenha um LIKE DAY com O SITE mais LIKE de sempre !
portugalike category image
PORTUGALIKE | 6 Junho, 2013

Apelo Nacional – faz LIKE à economia nacional

apelo-nacional Faz like à economia nacional“Poiszé pá !” Portugal afunda-se lentamente e a pergunta que está no ar é esta: “COMO SAÍMOS da CRISE? Que milagre económico tem de ser feito no nosso país?…

E se fizessemos a pergunta de outra forma: “O que posso fazer para contribuir para o fim da crise e da austeridade ? “

Comece por fazer um LIKE à economia nacional

Bem, há uma solução. E essa solução só é válida se grande parte dos portugueses contribuírem para este objectivo. A única coisa que temos de fazer é, simplesmente, consumir produtos de fabrico nacional.

(ATENÇÃO: “produtos fabricados em Portugal” e não “produtos embalados em Portugal”) A questão nacional que deixo é: “Somos uma nação ou não somos ?” Haja vontade !

Vantagens de consumir produtos nacionais :

Ao consumir produtos nacionais, estás automaticamente a contribuir e a proteger a economia nacional:

  • Está a contribuir para o aumento de receitas de empresas nacionais.
  • Com o aumento de receitas vem o aumento de postos de trabalho.
  • O aumento das vendas pode baixar o preço dos produtos tornando-os mais competitivos no mercado internacional.
  • As empresas crescem e podem investir em equipamentos tecnológicos, melhores condições e alargar o mercado.
  • Mais dinheiro no país aumenta a capacidade de empreendedorismo e investimentos quer empresariais quer por conta própria. Ou seja, criar mercados.

PORTUGAL importa 80% do peixe !!! – “WTF ?!”

O objectivo desta medida é criar uma microeconomia, para que Portugal possa ter um “motor económico interno” ao invés de depender de cerca de 70% de produtos internacionais. Não acredita ??? Confira alguns números:

  • Sabia que Portugal é um dos países com mais território marítimo (grande fatia do atlântico) mas importa de Espanha 80% do peixe que consome ?? E sabia que os espanhóis têm autorização para utilizar parte da nossa costa ? Ou seja, apanham o produto no nosso mar e vendem-nos com as taxas de importação. E os nossos pescadores a pedir subsídios… (Ridículo, absurdo, estúpido)
  • Sabia que Portugal importa 95% do trigo que consome ? Sim, o pão que come todos os dias, os cereais dos seus filhos, a farinha das pastelarias… E os agricultores estão impedidos de cultivar mais (não percebo muito bem porquê) uma medida imposta pela nossa aderência na comunidade europeia… (Ridículo, absurdo, estúpido)
  • E muitas outras mais: Portugal importa 30% de carne porque em Portugal para se ter um matadouro é necessário um investimento de 15 mil euros (média) enquanto que, na Inglaterra são necessários apenas 7 mil ? Desta forma, não é de admirar que a carne tenha de sair do país para embalar.

Não se deixe manipular pelo marketing político e do consumo. A Alemanha é um país forte na Europa precisamente por ter conseguido criar esta microeconomia. Já pensou que, se Portugal entrasse em guerra, bastaria fechar as fronteiras que o povo morreria de fome ?

Lembre-se que as guerras territoriais antigas eram feitas de espadas e flechas. Hoje é pela invasão de mercados num território. São guerras territoriais legalizadas. E nós estamos a ser vítimas.

Proteja a nossa economia.

  • Experimente comprar preferencialmente produtos fabricados em Portugal. Experimenta começar pelas idas ao supermercado (carnes, peixe, legumes, refrigerantes e bebidas, conservas, preferencialmente, nacionais).
  • Troque o fast food americano pela tradicional tasca portuguesa. Consuma marcas nacionais como sapatos e vestuário, utilize agências de viagens com transportes aereos nacionais. Passe férias cá dentro…

Acréscimo superior a 12.000.000.000 €

Há quem afirme que bastaria que, cada português, substituísse em somente 100 euros mensais as compras de produtos importados, por produtos fabricados no país, para que o nosso problema de falta de crescimento económico ficasse resolvido.

Representaria para a nossa indústria, só por si, um acréscimo superior a 12.000.000.000 de euros por ano, ou seja uma verba equivalente à da construção de um novo aeroporto de Lisboa e respectivas acessibilidades, a cada 3 meses!!!

Partilhar esta atitude é um princípio

Este comportamento deve ser assumido como um acto de cidadania, como um acto de mobilização colectiva, por nós, e, como resposta aos povos do mundo que nos acham uns coitadinhos incapazes. Partilhar esta medida é um meio de alertar as nossas capacidades individuais como consumidores preocupados coma  economia nacional. Não fique à espera das alternativas do governo. Está visto que elas não funcionam.

 “Sabes que mais, sabes, sabes ?! – Vamos “mazé” ter mais ânimo !”

apelo-nacional Faz like à economia nacional

Já fizeste um LIKE hoje ?

Faz LIKE que não pagas Imposto pá!